Internet · Podcast · Uncategorized

Prêmio Paideia 2016 – Podcasts

P O D C A S T S

Melhor Podcast de assuntos leves
Decrépitos™
Gugacast
Podcrastinadores
Mupoca
Um Milkshake Chamado Wanda
Xorume

Melhor Podcast de assuntos gerais
AntiCast
Mamilos
Não, Obstante
Projeto Humanos
Salvo Melhor Juízo
XadrezVerbal

Melhor episódio especial
Fronteiras Invisíveis do Futebol #26 – Chapecó
Mamilos 67 – Profissão de Fé
Projeto Humanos #7 – Perdas
Projeto Humanos #27 – O Eterno Devedor
Xadrez Verbal Especial – Armênia

Melhor episódio normal
Decrépitos 85 – Respondendo Testes da Capricho 2
Não, Obstante #16 – Pensando a depressão
Mamilos 70 – Adoção
Osmozzy 71 – Dominação Ideológica
Xadrez Verbal 43 – Daniel Sousa, Panamá Papers e Cáucas

Melhor podcaster de levezas
Deive “Azaghal” Pazos – Nerdcast
Caio Corraini – Jogabilidade
Guga Mafra – Gugacast
João Carvalho – Decrépitos
Wesley Zoppe – Xorume

Melhor podcaster de assuntos gerais
Ana Arantes e André SouzaNerdcast
Cris Bartis e Juliana WallauerMamilos
Filipe Nobre Figueiredo – XadrezVerbal, Fronteiras Invisiveis do Futebol, Nerdcast
Ivan Mizanzuk – AntiCast, Projeto Humanos
Ken Fujioka e Altay De Souza Naruhodo!

E OS VENCEDORES SÃO:

Melhor Podcast de assuntos leves
Gugacast

melhor-generalidades

Cara… que ano difícil que foi 2016 pra mim. Foi um ano de diversas desconstruções e, principalmente, foi o ano em que minha relação com os podcasts se tornou ainda mais próxima. Descobri-os em 2015 e já passei a introduzir essa mídia incrível a meus amigos mais próximos – e em 2016 eu até comecei a produzir meu próprio podcast, o GizCast (gizcast.com.br, confiram lá) com um grande companheiro meu.

Todos os podcasts que eu coloquei nessa categoria me ajudaram a passar por uma fase de pré-depressão e muitas crises de ansiedade. Colocar um podcast mais leve, em que eu dou risada e/ou apenas ouço bobagens, sem precisar de tanta atenção é uma das minhas atividades favoritas. Faço isso indo para a faculdade, dirigindo, jogando FIFA. E o que mais me acompanhou nessas viagens foi o Gugacast, criado no meio do ano pelo Guga Mafra e por seu irmão. A proposta de contar histórias, nem sempre incríveis, mas sempre com a mística tipicamente brasileira onde o “contar a história” – mesmo que ela seja uma porcaria -, é incrível e, principalmente, cabe perfeitamente no formato. Pra mim, o Gugacast é o “Projeto Humanos” descontraído, leve e descompromissado.

Fica a menção honrosa a dois outros podcasts que me acompanharam e muito nessa jornada de auto-conhecimento que foi 2016. O Decrépitos, um dos melhores podcasts de todos os tempos, que me faz literalmente gargalhar no metrô e no ônibus da Cometa, e o Xorume, que de tão, mas tão, mas tão bizarro é um dos que mais me diverte.

Melhor Podcast de assuntos gerais
XadrezVerbal

serio

Essa categoria fica muito difícil de não dar ao Xadrez Verbal. O projeto do Filipe e do Mathias é incrível, informativo, e expande e muito as perspectivas do formato. O Xadrez Verbal se tornou obrigatório pra mim, recomendo para meus alunos e também expando suas fronteiras o máximo que consigo.

Anticast e o Projeto Humanos ficaram muito perto – mas alguns dos temas que o Anticast traz simplesmente não me apetecem. E o Projeto Humanos ainda é um projeto: está em definição. As temporadas recorrentes são incríveis (“Coração do Mundo” é uma obra de arte indispensável), mas as temporadas intermediárias continuam sendo instáveis, como é característica de toda obra em que há mais de uma história em unidade.

Melhor episódio especial
Mamilos 67 – Profissão de Fé

melhor-episodio

Essa foi, com toda a certeza, a categoria mais complicada. O episódio 7 do Projeto Humanos, Perdas, me fez chorar. Alguns dos meus amigos mais próximos sabem muito bem que eu não sou exatamente um cara chorão – não que eu seja ultra machão ou algo do gênero, meu filme favorito é A Vida é Bela, vamos combinar -, e chorar com um episódio de podcast é uma das coisas mais incríveis que se fizeram pra mim.

Porém, o episódio 67 do Mamilos ficou perfeito. O que mais me apetece nos podcasts é a flexibilidade que o formato proporciona aos seus produtores de conteúdo. Temos os podcasts mais acadêmicos (Anticast, Não Obstante) até os de “conversa de bar” (Nerdcast, 99vidas). E o Mamilos se renova, mudando formato, jogando com vários formatos diferentes: e esse episódio ficou incrível. Ainda mais pra uma pessoa que, como eu, estuda religião e religiosidade.


Melhor episódio normal
Xadrez Verbal 43 – Daniel Sousa, Panamá Papers e Cáucaso

epi-serio

Essa categoria foi criada por causa desse episódio. Um dos melhores episódios jornalísticos de todos, e com certeza o mais informativo. Com a leveza de sempre, Filipe e Mathias fizeram um grande giro mostrando o quão podre o sistema pode ser, utilizando-se do caso da divulgação dos Panamá Papers.

O episódio sobre a Dominação Ideológica do Ozzmosy ficou no páreo também, pelo simples fato de desconstruir totalmente essa falácia – mas o do Xadrez Verbal ainda fica na frente pelo caráter jornalístico e informativo. Os Panamá Papers foram um dos momentos do ano mais incríveis – e bizarros – e que foi completamente esquecido diante de outros acontecimentos.

Melhor podcaster de levezas
João Carvalho – Decrépitos

joao

Cara, o João é incrível. Fala duzentas e quarenta e sete línguas, é ultra inteligente, um baita historiador – eu li algumas partes da sua dissertação de mestrado, que está na USP – e uma pessoa incrivelmente fofa. Uma das coisas que eu acho mais incrível dos podcasts é o quanto ele nos aproxima dos seus produtores. E o João, tanto no Anticast, como no Decrépitos, se mostra um cara extremamente incrível.

Menção honrosa ao Azaghal por um simples e único motivo: ele é a pessoa que move o Nerdcast. Todo o caos que um podcast mais leve precisa vem dele: e isso porquê ele nunca falou sobre um casal de ewoks.

Melhor podcaster de assuntos gerais
Ivan Mizanzuk – AntiCast, Projeto Humanos

ivan

O Ivan é provavelmente o maior entusiasta de podcasts que tem. O Anticast fez parte do B9, uma rede de podcasts incrível (tem o MupocaZing!, dentre outros incríveis) e agora tem sua própria rede, com alguns dos melhores podcasts em suas respectivas áreas (tá faltando um podcast de educação #fikadika). Atualmente, acredito que é o maior entusiasta desse formato, junto do pessoal do Xorume.

2 comentários em “Prêmio Paideia 2016 – Podcasts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s